Dos Milagres

De todo volto
meus olhos (os da alma) para devaneios por onde nunca antes havia me
embrenhado. É verdade que nunca fui nada místico, mas sempre devemos entender o
que ninguém nunca nos quer (ou pode!) explicar. Constantemente vejo que a
mistificação de fatos naturais desconhecidos pelos homens pouco letrados ou até
mesmo pela arrogante e muitíssimo letrada ciência, levam cidadãos comuns, de
carne e osso, ou esculturas, de barro e tinta, ao mais alto escalão Divino,
donde recebem tronos ao lado de Deus e passam a ser seus assessores!  E isso tudo pq não conseguimos entender ou
explicar uma lágrima de sangue ou uma cura espiritual. A verdade é que é a fé
quem faz o milagre e não o contrário como poderia se imaginar ser o certo.
Quando acreditamos piamente em uma mentira, ela se torna uma verdade, e existem
instituições, sem dúvida tradicionais e teoricamente sérias, que com o passar
dos anos se tornaram mestres na arte de tornar verdades as mentiras que lhes
interessassem mais.

Um grande
exemplo destas instituições é a igreja. Pq fazem isso? Não faço a menor idéia!
Talvez para nos poupar, reles mortais, homens de pouca fé, das fustigantes
verdades divinas, talvez não sejam tão nobres assim e só estejam atrás das
indulgências pagas pelos fiéis, mas a verdade é que uma instituição que prega a
verdade e o bem mas "cria verdades" para o interesse próprio não
merece a credibilidade que recebe.

                VERITAS EST VIRTUAS

Anúncios
Esse post foi publicado em Crônica. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s