Que Nojo

"O Homem é o câncer da natureza"
Millôr Fernandes

Sempre me senti incomodado com o ser humano. Durante anos tentei descobrir o ponto nevrálgico de minha irritação, mas em vão. Bastava ver a cara de uma para minha pele se ouriçar toda. Tinha enjôo, náuseas… Às vezes até vomitava. Porém com o tempo e calçado em muita observação, cheguei até o nervo exposto. O que me irritava no ser humano era o próprio ser humano. Sim! A coisa toda. Cabeça, tronco, membros e o que mais tiver. Não suporto por inteiro. Seu jeito de andar, falar, comer, pensar… Afinal, convenhamos, o bicho é esquisito pra cacete. Basta darmos uma paradinha e analisá-lo para nos desiludirmos por completo. Eu sei, eu sei. Temos que ter esperança no homem, mas confesso ser incapaz. Faço força, mas niente. Trava tudo. No entanto, apesar deste asco todo, nunca deixei de anotar certas peculiaridades no comportamento deste animalzinho mal resolvido. Fiz inúmeras constatações, algumas desagradáveis, outras desanimadoras… Mas verdadeiras.

BOBEIRA GERAL
Parece-me que o ser humano não tem coordenação motora, pois como com a boca aberta, baba enquanto dorme, arrota em público, fala com a boca cheia, calça sapatos ao contrário e, sendo do sexo masculino, faz xixi fora do vaso. Depois jura não ter sido ele.

BANHA CAPITALISTA
Alguns da espécie alimentam-se de dinheiro. É. Dinheiro, money, bufunfa, Tchulê… Comem qualquer nota. Quanto mais grana entra, mais obesos ficam. Tanto que, pelo tamanho da barriga, imagina-se a conta bancária. Depois que estiverem uns verdadeiros hipopótamos, nem lipoaspiração resolve.

DEBILIDADE SEXUAL
Você já viu um ser humano fazendo sexo? Não? Nem queira. É simplesmente horrível. Desajeitado, reprimido, rapidinho demais, egoísta, peludo e feio pacas. Urram, rosnam, chiam, miam. Às vezes, dependendo do clima, cantam até um tango. Para desgosto do freguês.

WE ARE THE WORLD
O ser humano é um poço de otimismo. Deixa-se levar por qualquer trolha. É pascoa, se fantasia de coelhinho; é natal, veste-se de Papai Noel, e no Ano-Novo parece uma tia velha de tanta esperança. Abraça todo mundo, solta rojões, estoura Champanhe… Por pouco não explode de tanta babaquice. Acredita no Papa, no George W. Bush, no Dias Gomes… O que pintar, a besta engole. Até no Fernando Henrique. ÉÉÉÉCA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s