Sobre Mulheres e Antidepressivos

Tenho há alguns anos um relacionamento com uma garota que, além de linda, é muito inteligente e criativa e, sem duvida alguma, por me aturar há tanto tempo, muito paciente e compreensiva! rs.

Tal personagem tão presente e importante em minha vida compara-me a um famoso antidepressivo, chamando-me “Olavoxetina”. Tenho pensado neste título, e acho até bastante válido considerando minha relação com minhas ex-namoradas.

Com certeza, todas elas acharão valida a comparação, não pelos efeitos antidepressivos a mim atribuidos, mas pelos efeitos colaterais provenientes do convívio com minha pessoa.

Há dentre elas quem possa dizer que seja eu causador de diminuição da Libido e pensamentos suicidas! hehehe

Anúncios
Esse post foi publicado em Crônica. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Sobre Mulheres e Antidepressivos

  1. marcela Honey disse:

    Usuária de “OLAVOXETINA”,
    há 15 anos conheço o medicamento; Interrompi meu tratamento por 3 VEZES…Mas hoje sem dúvida tem sido meu melhor calmante. rsrs

    Adorei honey! hahah…(tinha que postar alguma coisa)
    beijos.

    Amo você!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s