Um lugar

acid_picdump_75É difícil seguir assim… Nada me espera em lugar nenhum. Um das poucas coisas que davam sentido a minha vida já se foi.

O que é certo, o que é errado? O que devemos aceitar ou não? Devemos esquecer as mágoas como se nunca tivessem existido?

Talvez você ame uma pessoa inocente, mas se ela não fosse, sentiria o mesmo. O amor é assim. É uma arma poderosa. Pode estar ao nosso favor ou contra, não é?

Não entendo muito de amor, achei que sim, mas não. O amor desafia a razão… Ou talvez o coração esteja errado.

Pensando bem, eu duvido disso. O amor pode ser inconveniente, talvez inapropriado. Pode ser perigoso. Nos faz fazer coisas que nunca imaginaríamos. Mas estar errado? Isso depende… do nosso destino, não é?

Uma fuga nos conforta por um tempo… eu me refugio em bares, mas cada tem o seu lugar.

Me sinto como um forasteiro. Na periferia. Assistindo a todos. Fingindo que sou igual, mas sabendo que não sou.

Nossa única esperança é encontrar um lugar onde não temos que fingir. É uma pena.

Todos querem “o seu bar”. Um lugar para começar do zero. Mas a verdade é que um bar é apenas um bar. Não importa nosso destino, levamos o estrago conosco. Corremos para nosso amor ou fugimos dele?… mas a tendência, no meu caso, é correr. Para me esconder onde sou aceito, sempre. Lugares que nos fazem sentir em casa. Assim podemos ser quem realmente somos.

Mas esse sou eu… coisa de poeta.

Anúncios
Esse post foi publicado em Comportamento, Poesia. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s